terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Vago

Visualizações:



Nas velas formidáveis que navegam
pelas vidas, pelas vias
onde o vento toca a pálpebra
entreaberta, entrecortada
por alguns devaneios, sonhos
quase, ou um amanhã somente
um sol, ou um asceta observador
que finge as estrelas pelas eternidades.


Jonas Rogerio Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...