terça-feira, 13 de março de 2012

Falsas Riquezas

Visualizações:



Corsários e piratas em batalhas épicas
Pelo ouro perdido dos deuses
Histórias e magia na ilha da morte
Vilões e heróis a sua própria sorte

Conquistas lendárias de grandes guerreiros
Que almejavam o mundo aos seus pés
Buscas sangrentas pela donzela amada
Vidas inocentes ceifadas pela espada

O mundo em caos pelo falso poder
Guerras, armas e discórdias
Desamores, mortes e barbáries
Alimentadas por mentes insanas e cruéis

Tudo isso uma vã busca de realização
Dos ignóbeis caprichos do homem cego
Irrealizáveis feitos terminados na campa
Reis sucumbindo à própria pompa

E ainda nos nossos dias nada se difere
Pelo fama e riquezas o homem fere
Desolando em ilusões fúteis o fiel servo
Que humilde acumula seus bens espirituais


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...