quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Poesias & Poesias

Visualizações:


Poesia idílica, onírica,
sensação surreal irreal
entre vislumbres reais
de seres transcendentais.

Poesia condoreira, hugoana,
pseudos-grandiloquentes,
versos evolucionistas, nacionalistas
que falam sobre a opressão.

Poesias realistas, detalhistas,
contemplação das extravagâncias
d’uma natureza esplendorosa,
versos bucólicos do meu sertão.

Poesias repletas de lirismo
d’onde os românticos permitem
expressarem suas paixões;
movimentos platônicos irascíveis.

Minha poesia universalista
que às vezes tende ao parnasiano,
que às vezes em letras barrocas
discorre sobre minhas outras emoções.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Um comentário:

  1. Olá Jonas.
    Palavras elevam , curam, provocam lágrimas, sensações exuberantes, fazem bater mais os corações, nos inspiram, provocam prazer e esse seu poema conseguiu comover.
    Adorei seu jeito de escreve e amei demais este poema.
    Agradeço por compartilhar comigo.
    Deixo meu abraço.
    ClaraSol

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...