sábado, 18 de outubro de 2014

Pessoas Estranhas e Açucenas

Visualizações:


Pessoas estranhas leem poemas,
pessoas estranhas escrevem poesias,
versos e entranhas, signos e emblemas,
poetas e ascetas, vertigens e açucenas

desabrocham na noite, olores sensíveis
relembram poemas, perfumes plausíveis,
vozes e teoremas da boca da noite
que grita o açoite e refaz-se na estrela

que é lume, é mistério algures singelo
e a mão é o martelo e o céu é noturno
em cores de absurdos, aquarela macabra
pintada na madrugada comum à escassez

de um tudo e um nada dessa embriaguez;
pessoas estranhas leem poemas,
pessoas estranhas escrevem poesias,
pessoas estranhas cultivam açucenas,

pessoas estranhas observam estrelas,
pessoas estranhas derramam sentimentos
e o vento refresca pelas janelas do universo
que abrange a flor, o poeta e o verso.


Jonas R. Sanches
Imagem: Açucenas que desabrocharam a pouco em meu jardim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...