segunda-feira, 24 de junho de 2013

Pensamentos Absorvidos

Visualizações:


Me perdi nesse estranhismo
então a tarde se desfez
entre rifes de guitarras sórdidas
e um novo blues se compôs
para animar essa penumbra
onde não há luar
onde não há pesar
onde o sol não mais se pôs
e agora o que virá depois?

Estranhamente o seu olhar
amanhecido reprovou
as minhas vestes cor de mar
e a canção então tocou
os corações nessa penumbra
onde não há estrelas
onde não há cervejas
onde a vida quase se desfez
e agora a morte permanecerá?

Dessa estranheza a poesia
tão corrosiva a luz do dia
que feita aos versos indecentes
sem rimas e sem purpurina
somente a literatura insana
onde há conotações
onde há a novidade
onde há a verossimilhança se fez
e agora tudo será incompreensão!?


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Blog Folheto Nanquim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...