quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Libertando as Correntes

Visualizações:



É um vazio estrambótico
no meu mundo poético
e, fico a olhar pela janela
para quem sabe me dissolver.

É um pensar de languidez
no meu mundo esporádico
e, fico a olhar os jardins
para quem sabe virar raiz.

É um pensar tão penoso
no meu mundo airoso
e, fico a olhar os pássaros
para quem sabe poder voar;

mas, não tenho asas
e meus devaneios pesam
e me agrilhoam no chão
mas, minh’alma plaina.

É um pensar alvorotado
no meu mundo imaginoso
e, fico a olhar as lacunas
para quem sabe virar bruma;

e, anuviar os desprazeres
e, neblinar as consternações
assim, me libertar dos grilhões
e espargir-me como fumaça em poesias.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...