sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Soneto em Aquarela

Visualizações:


D’algum soneto retratado em tela,
da paisagem vivida em aquarela;
bucolismos livres, mãos de menestréis
surgindo em rastros virgens d’alguns pincéis.

Semblante fresco nascido a tinta a óleo
ou um afresco pintado com petróleo
vertigens natas d’alguma inspiração,
misturando cores, dor e perdição.

D’algum soneto retratando a vida
em vários tons, saudade e despedida;
e o desenho tão quase assim perfeito

faz do artista sujeito rarefeito
que grava a vida em alegria e amargura;
resgatando d’alma a essência mais pura.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...