terça-feira, 31 de julho de 2012

Meu Momento de Reflexão

Visualizações:



Olhando pelo reflexo da janela no espelho
vejo um borrão laranja de um sol esvaindo-se,
deixando em meu peito uma saudade intensa
de um tempo onde as ondas sussurravam cantigas.

A cada dia a poesia do arrebol é diferente,
é algo transcendente, que desanuvia a mente
e liberta por um instante todos os sentidos
quando os olhos cegam-se, a última luz diária.

Meus pensamentos sóbrios embriagam-se
em uma metamorfose de sensações.
E a mágica incessante dos movimentos permanece,
intacta e regente do equilíbrio harmônico da vida.

Uma busca diária incessante para desvendar o amor,
o amor na própria vida, ao próximo e ao incompreendido.
Uma senda trilhada com força e esperança... Colecionando arrebóis,
 versos e lembranças de um tempo que ainda não se foi.

E mais uma vez, agora é a noite que entorpece a cabeça do poeta...
Que se deixa carregar pelos encantos misteriosos de Aldebaran...


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...