terça-feira, 15 de maio de 2012

Aguaceiro

Visualizações:



Em dias tão chuvosos
Meu corpo em queixume
Os olhos são chorosos
A mente atinge o cume
De tantas melodias
Encanto de vaga-lumes

Em dias tão chuvosos
Meu corpo pede o seu
Nesse céu trevoso
Pleno dia anoiteceu
Meu peito tão dengoso
Sem ti estremeceu

Em dias tão chuvosos
Bailar de andorinhas
Trinar na laranjeira
De uma coleirinha
Meu ser que se corrói
Saudade que é só minha

Em dias tão chuvosos
D’um sol todo molhado
Pesadas nuvens plúmbeas
Firmamento entrecortado
Por raios cor de fogo
Trovões estilhaçados

Em dias tão chuvosos
Poesias amarguradas
Pensamentos melindrosos
Atenção na passarada
A mala eu deixei pronta
Para ir a Pasárgada


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...