sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Como aquela música eu vivi

Visualizações:



Como aquela música eu vivi
enquanto embalei sonhos
mas era a música da minha vida
e cessou naqueles dias que correram as lágrimas.

Como aquele pássaro emudecido
eu quis cantar mas apenas calei
e quis voar mas apenas fiquei
enquanto as asas desabrochavam.

Como aquela borboleta silente
eu quis planar, mas, existiram ventanias
e fui carregado por jardins que renasciam
e fui encravado na primavera que chegava.

Como aquela poesia antiga que reescrevi mil vezes
eu fui apagando e refazendo meus passos incertos
e deixei tantas coisas guardadas nas gavetas velhas
que até perdi a chave das portas do mundo.

Como aquele reflexo convexo no espelho eu sou.
Tão complexo e tão pequeno ainda e tão feliz
que levarei algumas sementes no bolso
para quem sabe plantar a árvore das novas harmonias.

Quem sabe eu repouse nos galhos intermináveis do sol
e no final dos pensamentos minha música
 volte a tocar pela eternidade...


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...