quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Soneto Hipotético

Visualizações:


De um pensamento hipotético
lamentos, liberdade ou clausura,
tormentos de minh’alma impura
ou concatenações do meu eu poético.

De um pensamento até eclético
recompensa, evidência, usura,
e d’alma jorram rios de água pura
mas, inda há a miséria e o antiético.

Da pena o sangue róseo de um poeta
que outrora pensou como um asceta
mas, seus versos de misericórdia;

são brados contra toda discórdia
que habita e invade o seu mundo;
e as verdades se ocultam ao submundo.


Jonas R. Sanches
Imagem: Alma Welt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...