terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Cantos dos Ventos

Visualizações:



Canções dos ventos e tempestades
em lamentos e farfalhar
carregando olências
de lugar para lugar.

Canções que esculpem rotas
entre os espíritos arbóreos
como afluentes regem notas
do mais complexo ao simplório.

Essa é a orquestra que resta
e que transborda vozes naturais
assoviando em bambuzais
e escorrendo pela fresta;

que é a porta da aventura
onde não há a amargura
só há pinheiros e acicadócias
vigiando os filhos das acácias.

Canções dos ventos e tempestades
cantando os sopros de Iansã
relampejando nosso amanhã
para abrandar o nosso fardo;

que é até pesado e merecido
mas se tenho os Orixás comigo
você também os tem contigo
e nossas vias seguirão naturalmente.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...