sábado, 24 de janeiro de 2015

Versos Preciosos

Visualizações:


Do diamante fiz o verso mais brilhante
e do rubi o verso que eu esqueci,
da esmeralda fiz um verso que respalda
e da lápis-lazúli um verso de patchuli.

Da safira fiz o verso que transpira
e da aquamarine o verso que me ilumine,
da turmalina fiz um verso à menina
e da turquesa fiz um verso à natureza.

Da hematita fiz o verso que grita
e da crisocola fiz o verso da escola,
da obsidiana fiz um verso que inflama
e do heliodoro fiz o verso que eu adoro.

Do olho de tigre fiz o verso que denigre
e da ametista fiz um verso naturalista,
da ágata fiz o verso de ouro e prata
e do coral fiz o verso do bem e do mal.

Foi então minha poesia preciosa
enriquecida com as gemas mais bonitas,
foi então minha poesia de pedrarias
toda disposta em um colar de maravilhas.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...