quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Alchemical Luminum

Visualizações:


Necessito beber do sangue da terra
e secar as lágrimas de sal em mercúrio,
necessito colher o orvalho dos sábios
e embeber as mãos no suor de Saturno.

O cadinho na chama transpõe o segredo
e a chama transmuta a alma do mundo
burilando minúcias desse novo enredo
e galgando os degraus desde o submundo.

Necessito do estágio hermético do sol
e do leite que escorre do seio da virgem,
necessito burlar as entranhas do céu
e no inferno enclausurar a vil vertigem.

O cadinho na chama revela o oculto
e a chama ilumina tal qual candeeiro
revelando o mistério velado da vida
que é a busca do iniciado sorrateiro.

Necessito a bebida da verve imortal
e o cálice puro do elixir da existência,
necessito o poema que liberta do mal
e a letra alva e alquímica da resiliência.


Jonas R. Sanches
Imagem: Adam Mclean

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...