sexta-feira, 21 de março de 2014

Dos Sonetos que Sou

Visualizações:


Sou de sonetos atemporais
com versos simples e naturais,
com minhas cismas metafóricas
que envolvem almas e retóricas.

Sou de sonetos universais
que desbravam todos os temporais,
com minhas inspirações homéricas
remanejadas até as Américas.

Sonetos armados de emoções
desbravadores de mil corações,
buscando o verso mais adequado

que deixa o espírito extasiado,
que deixa a sensação mais acessível
e desperta alguma cor no invisível.


Jonas R. Sanches
Imagem: Maria Tomaselli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...