quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Geométrico

Visualizações:


Poesias algébricas;
versos numéricos
de pensamentos
viris, matemáticos.

Poesias geométricas;
versos métricos
de devaneios
hipotéticos, quânticos.

Poesias elípticas;
versos convexos
de espelhos
desconexos, fluídicos.

Poesias milimétricas medindo os sentimentos
tão fugazes que deliram em sóis noturnos
que proporcionam arrebóis de prata e alucinações
onde nascem dragões, quimeras e subterfúgios.

Poesias pitagóricas sobre pitonisas
e o camafeu adormeceu em solidão
e o faraó renomeou constelações
e o poeta que vivia nas estrelas contava grãos de areia.

Jonas R. Sanches
Imagem: Ludus Scaenici

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...