sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Noites sem Poesia

Visualizações:

Nas noites sem poesia
Não brilham estrelas no céu
Não ouço a música dos ventos
E a lua tímida deixa saudade

Nas noites sem poesia
Não ha sonhos em meu sono
Os coiotes não uivam na colina
Se escondendo em meio à neblina

Nas noites sem poesia
Não ha mais noite
Somente um breu trevoso
Onde o coração fica temeroso

Por isso guardo poesias no meu baú
Para não faltar luz em minha vida
E ter amor transbordando para você
Junto às estrelas até amanhecer

E novamente já não ha mais noite
Pois o sol raiou repleto de calor e letras
Despertando o voo delicado da borboleta
E germinando os novos botões poéticos

Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...