quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Tu Foste



Tu foste, e aqui é a saudade
que permeia o meu universo
qu’é elaborado como um verso
daqueles que já não tem idade.

Tu foste, e ficou o meu desejo
de te amar, de te fazer feliz,
pois quando eu pude eu não fiz
agora foi-se o tempo e eu perdi.

Tu foste, e aqui é só tristeza
a circundar o meu pobre entorno,
o coração foi quente agora é morno
e a vida que era graça agora é lágrima.

Tu foste, e eu aqui com a poesia
que é o que resta inda de bom em mim,
o que se foi não era pra ter fim,
o que se foi levou embora minha alegria.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Crepúsculo de um Coração Fragmentado



O sol deitou-se mais tarde,
ficou a iluminar os fragmentos do meu coração
que estavam esparramados pelo chão,
esperando alguma poesia por ali passar.

Veio então à primeira estrela
junto à lágrima derradeira
e escorreram pelo firmamento
que inda era crepuscular.

Fiquei ali extático... Incompreendido...
Os pássaros nos beirais miravam-me atônitos
enquanto a noite beijava o dia
roubando as luzes dos roseirais.

A lua veio minguante, tímida e tolhida;
mirou solitária a minha vida
e, enquanto meus sonhos passavam depressa
deitou seu brilho prateado no meu olhar.


Jonas R. Sanches
Imagem: Rildo Cunha
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...