sexta-feira, 13 de maio de 2016

Sobre os Jardins Enigmáticos da Alma

Visualizações:


Noturnamente diuturno
como o pássaro estrelar
em seu voo cósmico
revolvendo galáxias
em busca da letra perfeita
em tom rubro escarlate
no jardim da flor do lácio.

Diuturnamente noturno
como o pássaro do sol
em seu voo flamejante
revolvendo as chamas
em busca do verso perfeito
em tom dourado crepitante
no jardim da velha papoula.

Soturnamente emblemático
como o pássaro errático
em seu voo enigmático
revolvendo as almas
em busca do poema perfeito
em tom etéreo diáfano
no jardim da flor do infinito.

Hermeticamente eclético
como o pássaro esotérico
em seu voo cadavérico
revolvendo as tumbas
em busca da morte perfeita
em tom fúnebre plúmbeo
no jardim da flor de plástico.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...