sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Poesia ao Ano Novo

Visualizações:

Para o ano que se inicia
Alimento a minha esperança
De espalhar minhas poesias
Ou voltar a ser criança

Também disperso em versos essa oração
Que nasce em meu coração
Onde peço um mundo pacífico
Repleto de amor e união

Que a fome seja extirpada
E brilhe a luz nessa escuridão
Que a mãe terra seja mais respeitada
E os inimigos sejam novamente irmãos

Um sonho distante de um mundo perfeito
Onde os males sejam rarefeitos
A bondade seja a maior lei
E a caridade o maior conceito

Deixo um feliz ano novo
Pedindo ao Cósmico proteção
Aos Anjos peço os conselhos
E bênçãos aos meus irmãos


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Jonas Rogerio Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...