domingo, 30 de julho de 2017

Cantiga



Em desígnio o tardar crepuscular
derrama estrelas ao poeta trovador
se desfaz em lua mandinguenta
tão mágica qual olhar meditabundo
que mira amantes, amores e solitários;
e, a escuridão açoita os passos a esmo
e, a caneta goteja lampejos à ela
em um livrete de páginas velhas lívidas
onde uma cantiga nasce para a eternidade...

Jonas R. Sanches
Imagem: Aja Kusick
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...