terça-feira, 15 de março de 2016

Pouca Vergonha Descarada Contra a Alma do Meu PAÍS

Visualizações:


Vejo o procedimento do governo
meu sentimento é de revolta
dilmandada ignorante grita
e o luladrão para o governo volta.

Sou BRASILEIRO então eu grito
contra essa pouca vergonha viril
que lesa a ALMA e o CORPO existente
da nossa pátria AMADA BRASIL.

Recorrem ao ladrão pra esconder o ladrão
mas os ladrões querem lavar as suas mãos;
já no meu peito tanta revolta dessa nação
que diminui-se a cada dia por essas mãos

que dilaceram toda a honra do BRASILEIRO
jogam-as pela descarga desse banheiro
onde essa bosta é infinita nesse congresso
que em si defende toda essa corja de ladrões.

Eu sou POETA e não sou burro
por minha PÁTRIA na poesia eu vou falar
pois, o que eu vejo é um país à deriva
levando àqueles que trabalham pro fundo do mar.

Ah... Como chora minh’alma
neste momento de covardia contra a NAÇÃO;
devia haver ao menos vergonha na cara
desse excremento que se diz  com o poder

mas, eu aqui como BRASILEIRO inteligente
deixo um poema para alertar a minha GENTE
que é descente e não merece todas essa gente
que dizem saber comandar nossa NAÇÃO.


Jonas R. Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...