quinta-feira, 3 de março de 2016

Da Poesia Original

Visualizações:


Do seio fértil divino
almas tridestiladas
como a vodca do czar
e fez-se a luz
e fez-se a treva
e fez-se o masculino
e o feminino
e colheram a maçã do Éden
então foi o pecado
recitado em poesia
que emanou verdades
em vórtices de tempo
que virgem passou
sem ampulhetas nem relógios
sem calendários, meses, anos
e a alucinação foi real
enquanto caiam anjos
e eles amaram as mulheres
e nasceram gigantes
e nasceram nefelins
e da harpa do plebeu
ressoou Led Zeppelin
com acordes múltiplos
no salão dos espíritos
que aguardavam mudos
o final dos mundos
e do sofrimento atroz
que predomina desde então.


Jonas R. Sanches
Imagem: Laura Knight-Jadczyck 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...