terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Livro Perdido... Inocência Banida...

Visualizações:


Meus solilóquios tão profundos
indagantes, intrigantes, inacessíveis;
e os dias passam como as poesias
que são inerentes aos meus anseios

ao dia e a noite eterna de Noús
com seus paradigmas da criação,
com seus paradoxos da sabedoria
que percorrem micros e macrocosmos

pelas páginas daquele livro de magia
lido e escrito por Trismegisto,
herdado e recopilado por Cagliostro,
relido e modificado por Abramelin,

perdido e reencontrado por Apolônio,
roubado e extraviado pelo Demônio
que roubou a inocência à iniquidade
e deixou a humanidade nua dessa verdade.


Jonas R. Sanches
Imagem: Fragmento do Corpus Hermeticum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...