sábado, 12 de setembro de 2015

Borboletas de Lava

Visualizações:


Metamorfoseando-se em vulcões
nas lágrimas do sangue das rochas
casulos dispersos pelos aspectos
transgredidos pela alucinação do elã
que vem servido em bandejas
com cabeças decepadas e marfim
junto às asas de fogo em transmutação
e as crisálidas agora são diamantes
rebrilhando nos espelhos das estrelas
d’onde roubaram os brilhos fumegantes
para renascerem como pitonisas virgens
e viverem os vinte e cinco dias eternos
em coágulos de suor e sede dos desertos
para morrerem como borboletas de lava.


Jonas R. Sanches
Imagem: Edgard Garrido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...