terça-feira, 21 de julho de 2015

Memórias Imemoráveis de um Pássaro Viajor do Tempo

Visualizações:


Babilonias e Jerusaléns entrecruzadas
no tempo onde o final era o começo
e Édens fumegantes e crematórios
em Sodomas e Gomorras cataclísmicas
com blues e um red label e pedras de gelo
derretendo nas pupilas do Senhor Reitor
ou de outro senhor qualquer numa esquina
recitando poesias e barbáries de Heinrich Heine
ou apenas passando a vista nos cadernos
onde Rilke proclamou suas memórias
e desfilou com uma camiseta vermelha do camelô
que comprou quando descobriu a máquina
do tempo e viajou singelos imemoráveis rituais
de agosto quando no dia vinte e dois
trouxe um presente de aniversário para meu pai.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...