quinta-feira, 7 de maio de 2015

Poesia Livre

Visualizações:


Gosto da poesia livre
versejando à liberdade,
sem regras, sem imposições;
apenas o elã dos corações.

Gosto dos pássaros livres
voando em liberdade,
sem gaiolas, sem alçapões;
apenas o canto pelos sertões.

Gosto de pensamentos livres
construindo em liberdade,
sem rédeas, sem grilhões;
apenas devaneios e inspirações.

Gosto das borboletas livres
colorindo em liberdade,
sem crisálidas, sem sanções;
apenas asas leves nas imensidões.

Gosto de versos livres
poetando à liberdade,
sem métrica, sem denominações;
apenas o poeta e suas alucinações.


Jonas R. Sanches
Imagem: Herscovici Brussels

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...