segunda-feira, 16 de março de 2015

Renascimento Cotidiano

Visualizações:


Do leste o astro rei estica os braços
irradiando em toda força a sua luz,
renascimento a cada dia em mim reluz
e o recomeço é a esperança que me conduz.

O dia é novo, a vida é velha e a eternidade
é o caminho onde me alinho, não tenho idade;
tenho a certeza que a alma mora em um sorriso
e no abraço que envolve o laço do paraíso.

Na minha labuta não há lamúrias cotidianas
mas, há o intento de crescimento a cada dia
mas, há a vontade inquebrantável que me guia,
são passos vastos onde a metáfora é alegoria.

Nos meus cadernos há pensamentos e a rotina
que se derrama incessantemente em poesia,
nos meus cadernos eu grafo verbos dourados,
verbos sucintos d’onde o grito é libertado.


Jonas R. Sanches 
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...