sábado, 7 de fevereiro de 2015

Poema de um Rosicler Apaixonado

Visualizações:


Poente o sol deixou a lua anoitecer
e ela veio prateando meu sertão,
e ela veio acompanhada de estrelas
para eu roubar uma para o teu coração;

que bate intenso quando chego em você,
que bate forte quando pego em tua mão,
que bate teso quando beijo os teus lábios,
que bate ardente quando eu venho a sua mente.

Poente o sol deixou um céu mirífico
com cores estonteantes, aquarela divina;
um arrebol prodigioso para minha menina
que abanca junto ao meu poema lírico;

então lobrigamos nosso amor dentro do olhar,
então entrevemos nosso amor no passarinho
que garganteia um trinar meigo melodioso;
então é o nosso rosicler régio, áureo e amoroso.


Jonas R. Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...