sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

O Pôr do Sol e o Nosso Amor

Visualizações:


Ainda há um ressaibo de chuva no âmbito,
as cores misturam-se nas nuvens a vagarem
pelo advento do primórdio que chega
trazendo a estrela e a noite lúrida e abstrusa;

pássaros revoam dando o rebate bucólico,
flores desabrocham com olores esporádicos
outras se recolhem guardando suas venustidades,
sento à varanda a admoestar toda imensidão;

pego em sua mão e entrecruzamos olhares,
teu olor em minhas narinas dão invídia às flores,
nosso amor então é um canto de refulgência
entoado ao lusco-fusco do remate vespertino;

enlaço-te em meu amplexo e calo a suspirar,
teu aconchego é veludoso, eu me desmancho,
nosso amor é de beleza a causar zelotipia
nos pardais que se avizinham chilreando a melodia.


Jonas R. Sanches 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...