quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Sobre Meu Amor Inquebrantável

Visualizações:


Eu tenho um amor inquebrantável,
descrevo-o em linhas desmesuráveis
pois, é um amor tão fragoroso
qu’eu me entrego de corpo e alma.

Eu tenho um amor de olhos pitônicos,
descrevo-o em olhares admiráveis
pois, nossos olhares impermistos se olham
com ardor e fulgor inenarráveis.

Eu tenho um amor tão querençoso,
descrevo-o em versos amoriscados
pois, meu poema é vero e amantético
qu’eu me derramo em presunção

que é o coração em maravilhamento,
que é minh’alma em excrescência,
amor qu’eu acalento dia pós dia
par’eu poder fulgorar em iridescência.

Eu tenho um amor que amo à brava,
tão vasto qu’é amor inesgotável,
que deixa meu elã tão raro e nímio
ao ponto d’eu gozar do meu desfastio.


Jonas R. Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...