domingo, 18 de janeiro de 2015

Pássaro da Alma

Visualizações:


O pássaro da alma
voa tal qual Ícaro
mas, não se derrete ao sol;
voa além da aurora e do arrebol
esticando suas asas doridas
estigmatizadas por feridas
que calejam e deixam cicatrizes

mas, nas matizes das nuvens
as nuances das vertigens...
Voa pássaro, voa bem alto,
voa em suas raízes anímicas
e carregue para bem longe
as vozes que ecoam devaneios;
carregue em seu elã a flor da poesia.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...