sábado, 11 de outubro de 2014

Jacaurélio e a Bruxa Avestrilda

Visualizações:


Lá vem ele pela estrada, com sua boca pluridentada e sua cartola amarelada, avistou ao longe a embaúba, ouviu o canto da graúna e o riso da criançada, logo veio em sua memória aguçada a nova história a ser contada; se achegou e acenou, entre as crianças se sentou e enquanto a madrugada se despedia em surdina, Jacaurélio com as pestanas pensativas deu início à narrativa.
Dessa vez ele contou sobre a Bruxa Avestrilda, que era muito engraçada e com sua varinha mágica só fazia trapalhadas.
Em uma dessas travessuras, Avestrilda sem querer fez na noite aparecer o sol no lugar da lua, foi então que Dona Corujina, que inda era uma coruja menina começou a sofrer de insônia e de calvície de plumas.
Em outro caso o que ela fez foi um pouco pior, foi tentar modificar a harmonia das músicas da passarada, mas ela só conseguiu uma proeza desastrada, agora o Sr. Uirapuru tem as penas de apenas uma cor e seu canto que era diverso agora todo transverso só estridula em si menor.
D’outra vez foi mais confuso, pois todos os sapos criaram asas, então ao invés de eles coaxarem nas madrugadas saíram todos voando pelos quatro cantos do mundo.
Teve outra travessura, essa foi uma loucura, é segredo... Na floresta aconteceu que agora tem um pato que até late, travessura de Avestrilda, e tem mais serelepagem, dessa vez o que ela fez foi disparate, pois em todos os pés de frutas da floresta descambou a nascer tomate.
Mas apesar de todas essas lambanças, Jacaurélio recordava claro em suas lembranças que a Bruxa Avestrilda, mesmo sendo tão confusa e distraída, adorava todas as crianças.
O tempo foi passando e a Bruxa Avestrilda envelheceu, foi então que o poder de sua varinha e sua desengonçada bruxaria cresceu, e é por isso que na floresta quando chega à madrugada, a bicharada desata logo a se esconderem, com medo de serem vítimas d’outro feitiço desastrado de efeito contrário e complicado que a Bruxa Avestrilda recitou errado, igual aquele caso isolado onde o Dom Tatu virou pneu.
A tarde passou depressa e em Jacaurélio bateu a pressa, então apoiado em sua bengala se despediu da criançada e seguiu todo apressado pela estrada, hoje ele partiu mais cedo, pois não é que Jacaurélio ficou tremendo de medo de cruzar com a Bruxa Avestrilda e acabar acordando com cara de caranguejo.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...