quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Poema da Despedida e da Saudade

Visualizações:


Na hora em que você partiu
a saudade despertou,
uma lágrima surgiu
e meu coração chorou.

Meu amor não se demore
que meu peito não aguenta,
a distância me consome
e a saudade me atormenta.

Meu amor volte depressa
que quero sorrir de novo,
me apertar no teu abraço,
sentir  teu beijo saboroso.

Meu amor não se demore
que te espero com poesia,
sem você minha luz apaga
e a tristeza predomina.

Meu amor volte depressa,
estou com flores esperando,
juntos nossa  vida é festa,
sozinho é o poeta pranteando.


Jonas R. Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...