quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Passarinhos

Visualizações:


Era uma vez, em uma terra devastada pelo tempo, nas profundezas de uma floresta macabra e sinistra, um passarinho que cantava triste e sozinho sem ninguém poder ouvi-lo.
Certo dia ele resolveu abandonar seu ninho, então esticou suas asas e voou sem destino, voou e voou até que alcançou os limites daquela floresta, vislumbrou um clarão por uma fresta, seu coração então disparou fazendo festa e seu triste canto tornou-se uma seresta.
Voou por dias em alegria o passarinho, mas, sentiu que faltava um complemento no seu caminho, foi quando então ele avistou uma passarinha, seus pensamentos desconheciam a nova sensação, mas foi ao certo o sentimento da paixão.
Era uma vez, em uma terra revigorada pelo amor, nos altos montes de uma cordilheira de emoção, dois passarinhos e um só coração que cantavam juntos as melodias da paixão.


Jonas R. Sanches
Imagem: Victor Maia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...