quinta-feira, 4 de setembro de 2014

O Poeta e o Verso e o Sonho

Visualizações:


O poeta não adormece o sonho,
o poeta sonha sonho acordado,
e o verso elíptico nasce da contemplação
e, a primavera retém em si as cores

e, a primavera contém em si as flores
e, a primavera floresce em si amores
e, o poeta versifica à primavera
e, o poeta versifica às cores e às flores

e, na poesia resquícios de outra estação
que passou, mas no coração há amor,
imensamente um real amor intenso
que brotou das palavras ditas mudas.

O poeta não adormece o sonho,
o poeta ama sonhar ilimitadamente
e, na brisa fresca desse momento
há um pensamento que é inspiração.


Jonas R. Sanches
Imagem: Katharina Langer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...