domingo, 28 de setembro de 2014

Das Curtura di Minha Terra

Visualizações:


Quando amanhéci aqui nu meu sertão
passo um café muito mió di baum,
arrio a sela no meu alazão,
o esparmeio e corto o estradão
qui é cercadu dumas fro bunita
intão eu canto um canto istradero
qui é orvido inté nu istrangero,
canto miúdo du chão brasilero.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...