terça-feira, 12 de agosto de 2014

O Poeta que Encontrou o Amor

Visualizações:


O poeta achou que um dia morreria
em tristeza, angústia e dor de solidão
mas, eis que um dia surgiu a alegria
trazendo o amor profundo no coração.

A tristeza então foi dissipada,
a angústia então fez-se paixão
e, toda àquela dor da solitude
em gesto amiúde, deixou o coração.

O poeta agora acorda apaixonado
e transparece luz de sol amanhecido
com semblante calmo, olhar iluminado,
com o cenho alvo e o peito enternecido.

O poeta então faz juras em poesias
que são tão eternas como o fim dos dias
e, o poeta insano encontra a inspiração
esquadrinhando os auspícios da paixão.

O poeta então faz versos eloquentes
que são brotados tenros em seus desejos,
o poeta entrega os versos à sua amada
e depois sente o deleite dos seus beijos.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...