quinta-feira, 24 de julho de 2014

Soneto ao Sol de um Céu Secreto

Visualizações:


Sensações sobressalentes sobrepostas
sobre os sentidos caóticos do coração
que cadavérico busca suas respostas
sobre as perguntas envolventes da paixão.

Sensações rebatem em contrapropostas
sobre os sentidos idos pela imensidão
e, antes de tudo minhas mãos antepostas
e, a mente pulsante mergulha em oração.

Sensações harmônicas qual nota em bemol
sucinta e estrambótica tal qual arrebol
que invade em beleza o céu de concupiscência

que derrama na terra temporal de ciência,
que se espalha na folha feito um soneto
enquanto o sol se recolhe a um céu secreto.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

2 comentários:

  1. Jonas,um belíssimo soneto,sem dúvida! Hoje tem poesia sua em meu cantinho tb. Se quiser ver está neste link:

    http://recantodosautores.blogspot.com.br/2014/07/juras-de-um-amor-distante.html

    Abraços e obrigada! Precisamos fazer uma postagem sobre seu livro novo tb!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Anne, vou lá visitar seu cantinho... Vamos fazer a postagem sim, envie-me o que precisa pelo meu email... jonasabramelin@hotmail.com

      Abraços e um ótimo dia!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...