sexta-feira, 11 de julho de 2014

Sequelas de Outono

Visualizações:


As sensações passam com o tempo
e o tempo passa contando o homem
e o homem passa contando o tempo
e as estações passam com o tempo;

e houve o tempo ensolarado de verão,
tempo onde eu corria com os amigos
sem camisa e com os pés no chão
em busca de um banho de ribeirão;

e houve o tempo onde correu o vento,
vento que cortou em seu frio infernal
em meses sem flores, de sol invernal
onde a alma é propensa a um chimarrão;

e houve o tempo de colorir os campos,
tempo de amor bem longe da guerra,
tempo de borboletas bailando na serra
indicando a nova estação primavera;

e houve um tempo onde as cores partiram
e levaram pra bem longe o meu coração
que partido espalhou-se em pó de carbono
refletindo no espelho as sequelas de outono.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...