sexta-feira, 18 de julho de 2014

Arquitetando um Soneto Prematuro

Visualizações:


Correndo entre as brumas do espaço
um arquiteto, o esquadro e o compasso
criando em meados do desembaraço
a poesia primeva e um contrapasso

que faz renascer o perfeito do escasso
e é quando o equilíbrio causa o regaço
que foge ao longe do falso fracasso
e a supernova causa estardalhaço.

Correndo entre as brumas do verso inverso
o poema é agora um soneto reverso
que nasceu destroçado e prematuro

e foi-se na linha o fruto maduro
que na árvore da vida é suculento
desfazendo o pecado do tempo.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...