terça-feira, 24 de junho de 2014

Das Estradas por Onde Eu Fui Poesia

Visualizações:


Nas estradas que trilhei poesias
algumas pétalas de recordações
desabrocharam em flores da vida
titubeando as vozes dos corações

que retumbantes curaram feridas,
que trêmulos partiram-se ao chão,
que amantes acenderam aos céus,
que apaixonados foram além da ilusão.

Nas estradas que trilhei alguns versos
algumas pétalas de cores tão raras
desabrocharam em flores da morte,
foram aguadas por um rio de lágrimas

que escorreram em dor de saudade,
que foram as vozes de olhos marejados,
que foram vezes no espelho a idade
que foi passando e deixando anos idos.

Nas estradas que trilhei meus poemas
eu colhi amores, terrores e paixões,
eu vislumbrei imagens e sensações;
e retratei em uma pintura poética.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...