segunda-feira, 26 de maio de 2014

Nostalgias Miseráveis

Visualizações:


E foram dias nostálgicos
onde o coração fremiu
e os olhos marejaram
com a visão das ondas do mar.

E foram dias conturbados
onde a mente se dissipou
e os pensamentos viajaram
com ilusões de rever o amor.

Quantos os desejos inertes
que ficaram à mercê do tempo
que passou sem deixar um alento
e a paixão recolheu-se no peito.

Quantas as poesias chorosas
rabiscadas pelos meus dedos,
rebuscadas pelos meus segredos
que são frutos maduros dos medos.

E foram dias intermináveis
lacerados em dores inenarráveis
que o poeta não soube versar
pois, foram dias onde não pode amar.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...