quarta-feira, 21 de maio de 2014

Imprecisão Poética

Visualizações:


Sensação inóspita
na poesia sem sentido,
entre transgênicos
e outros excessos.

Linhasemseparação,
versoconstantementeverso;
rimas contrárias/sairártnoc
no poema sem nexo algum.

Sensação intumescida
no coração arrítmico
e a poesia sem ritmo
agora é proliferação.

Poesia menina sem rima,
sem riso conciso e preciso;
preciso de uma gargalhada
etodossorrindojuntos.

Anteversos apressados,
interiores esvaziados,
impressões digitais
de autores anônimos.

Esconjuros sintéticos eletrificados
ressoando entrelinhas, entretanto;
inda não foi o bastante e preciso
melhorar a polinização do meu jardim.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...