quarta-feira, 14 de maio de 2014

De Quando Tento um Soneto ou De Quando Esboço um Sorriso

Visualizações:


Se eu tento este soneto verdadeiro
não será o último nem será o primeiro,
será apenas uma outra composição
que derramou-se deste meu coração

que bate ferozmente e derradeiro
como fosse acorde de cancioneiro
que faz do amor sua singela inspiração,
que desperta sua paixão pela canção.

Se eu tentar um soneto novamente
será das aliterações da mente
ou, de rimas caóticas compulsivas

inventando palavras abusivas
que corroem almas sujas miseráveis
às carregando a infernos tão amáveis.


Jonas R. Sanches
Imagem: Salvador Dali

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...