terça-feira, 1 de abril de 2014

Meus Eus Heteronímicos

Visualizações:


Meus eus heteronímicos
quase me fazem esquizofrênico
pois, um me fala de polígrafos
e o outro dita-me epítetos.

Meus eus heteronímicos
quase me fazem arquiteto
pois, na manhã são versos rítmicos
e na tarde são versos lentos.

Meus eus heteronímicos
às vezes causam-me amargura
pois, um me lembra dos amores
e o outro fala-me da cor impura.

Meus eus heteronímicos
são conselheiros infalíveis
pois, um me impele à fantasia
e o outro imagina mundos incríveis.

Meus eus heteronímicos
são guardiões dos meus segredos
pois, um faz metáforas nas poesias
e o outro os esconde pelos sonetos.

Meus eus heteronímicos
fazem minha face de mil sóis
pra encantar o fulgir da aurora
e divinizar a morte nos arrebóis.

Jonas R. Sanches
Imagem: Antoni Tàpies

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...