terça-feira, 1 de abril de 2014

Expresso da Expressão

Visualizações:


Todos os homens tem o direito de expressão
por isso eu digo, eu grito em voz de poesia;
e na minha voz minha vontade está contida
junto aos percalços, amores e sofrimentos.

Todos os homens cantando juntos à liberdade
que é tão querida, mas tão temida em verdade
pois, na voz do canto um ferimento absorvido
e na garganta o fel da vida é engolido.

Vamos compor nossos anseios nessa canção,
deixar falar a insensatez pura do coração
que se entregou outrora e sofre algures a rejeição
de uma sociedade que descamba sem direção.

Vamos chorar um choro ranço de sal e sangue
e inundar em nossas lágrimas o rio da vida
e navegar em uma arca nos rios da morte
deixando o porto bem lá pra trás, à outra sorte.

Todos os homens trazem consigo o seu bordão
e fazem dele tudo aquilo que bem entenderem
e as consequências são fardos certos e pessoais;
o fardo meu é o da poesia e o do nunca mais.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...