terça-feira, 15 de abril de 2014

A Morte dos Deuses

Visualizações:


Enquanto morriam os Deuses do Olimpo
o poeta roubava uma pena de Ícaro
para com ela versar em letras sangrentas
toda idolatria que se autodestruía.

Enquanto tombavam os Deuses no Egito
o poeta roubava do sol o seu mito
e acordava com um grito o verso perfeito
que compôs junto à morte de Anúbis no leito.

Foram mortes dos Deuses por toda a história
e o poeta grafou em letras as memórias
de um Cristo sofrido, linchado e martirizado;
de um Krishna traído, invejado e flechado.

Nascerão Deuses e morrerão Deuses
mas o poeta imortal sobrepuja o tempo
adornando de estrelas a noite e o relento,
espalhando seus cânticos pelos quatro ventos.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...