quinta-feira, 13 de março de 2014

Versos dos Mares Bravios

Visualizações:


Na superfície espelhada dos teus beijos
guarda mistérios que umedecem os meus lábios,
guarda segredos tão profundos inalcançáveis
pois são velados pelos olhares de Poseidon.

Mares serenos ou tão revoltos nas tempestades,
cheios de histórias, cheios de vida e de verdades;
mares azuis que correm bravios aos oceanos
encobrem terrores já engolidos a muitos anos.

Nas ondas que trazem a orla os seus desejos
vejo a força do deus Netuno que velejando
ceifa dos homens as suas crenças imaculadas,
engole a vida como a mão da morte inesperada.

Mares tão belos em poesias vou navegando,
vou içando as velas, vou pensando nela me esperando;
vou de peito aberto a um porto incerto me aventurando
com minha barcaça, minha carapaça, vou versejando.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...