terça-feira, 11 de março de 2014

Sete Leões de Fogo

Visualizações:


Eram sete leões
e suas jubas flamejavam,
seus olhos intensos
labaredas faiscavam,
seus rugidos ressoavam
o timbre de mil trovões;
eram sete leões.

Eram sete versos
que falavam de leões,
eram versos místicos
e algumas ponderações,
entrelinhas assustavam
àqueles que desvendavam
os sete versos dos leões.

Eram sete leões
e suas jubas estreladas
eram como a noite nua,
e seus olhares desvelados
vislumbravam a alquimia,
seus rugidos centenários
ecoavam noites e dias.

Eram sete versos
místicos como os leões,
escritos aos sete ventos
com sangue dos corações
que engolidos pela morte
deixaram recordações;
sete mortes, sete vidas, sete versos aos leões.


Jonas R. Sanches
Imagem: O Leão Alquímico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...